CAMPANHA CARNAVAL DE GURUPI 2024
JORGE CONSORCIO

Homem investigado por violar medida protetiva e perseguir ex-companheira é preso pela Polícia Civil em Araguaína

Homem j√° responde a tr√™s inqu√©ritos policiais por crimes no √Ęmbito da lei Maria da Penha

Por Rogério de Oliveira em 31/10/2023 às 10:09:08
Foto: Divulgação/DICOM SSP TO

Foto: Divulgação/DICOM SSP TO

Em cumprimento a mandado de prisão preventiva, a Polícia Civil do Tocantins (PC-TO), por intermédio da 3¬™ Delegacia de Atendimento à Mulher (3¬™ DEAM - Araguaína), cumpriu na tarde desta segunda-feira, 30, mandado de prisão preventiva de um indivíduo que perseguiu sua ex -companheira em uma rotatória de Araguaína, no último dia 8 deste m√™s.

O suspeito, que j√° tem outros inquéritos policiais em andamento por crimes no √Ęmbito da lei Maria da Penha contra a mesma vítima, foi capturado quando estava no setor Tiúba.

Conforme explica a delegada Ana Maria Varjal, as equipes da 3¬™ DEAM tomaram conhecimento que no último dia 8, a vítima teria sido perseguida pela cidade de Araguaína pelo seu ex-companheiro enquanto estava em outro veículo na companhia de terceiros.

"Posteriormente ficou constatado que ela j√° teria medidas protetivas de urg√™ncia em desfavor do investigado, sendo instaurado inquérito policial para apurar a suposta pr√°tica dos delitos de descumprimento de medidas protetivas, viol√™ncia psicológica, ameaça e stalking", disse a autoridade policial. Diante dos fatos, foi representado ao Poder Judici√°rio pela prisão preventiva do indivíduo, a qual foi deferida.

CARNAVAL DE GURUPI 2024

Após ser capturado, o homem foi conduzido até a sede da Unidade Especializada, onde foi interrogado e em seguida encaminhado à Unidade Penal Regional de Araguaína, onde permanecer√° à disposição do Poder Judici√°rio.

A delegada Ana Maria Varjal reforçou o pedido para que as vítimas e os populares que tiverem conhecimento de fatos envolvendo viol√™ncia doméstica denunciem junto a Polícia Civil, para que sejam tomadas as provid√™ncias cabíveis e reitera o compromisso da PC-TO em interromper o ciclo de viol√™ncia doméstica no município.

"É muito importante que as vítimas e toda a sociedade, que tenham conhecimento de episódios de viol√™ncia doméstica procurem ajuda da Polícia Civil do Tocantins, por meio da 3¬™ DEAM, para que nossas equipes possam tomar as provid√™ncias que se fizerem necess√°rias a fim de identificar e prender o agressor", disse.

A delegada Sarah Lilian, também da 3¬™ DEAM, destacou que a prisão desse indivíduo é de grande significado, pois trata-se de crimes graves que continuavam a ser praticados de forma reiterada por ele. "Pelo que apontaram as investigações, trata-se de um homem que não aceitava o fim do relacionamento e passou a perseguir de todas as formas possíveis a vítima, causando insegurança e medo na ex-companheira, mesmo esta tendo medida protetiva contra o indivíduo que não se intimidou e, por isso acabou preso nesta segunda-feira", frisou.

Comunicar erro
GRAFICA REAL

Coment√°rios