Concessionária cancela show de Roberto Carlos após prefeitura ameaçar interdição do estádio Paulo Machado de Carvalho

A concessionária Allegra Pacaembu decidiu cancelar o show de Roberto Carlos, que estava programado para esta sexta-feira (19) no estádio Paulo Machado de Carvalho, após a Prefeitura de São Paulo vetar a realização devido a irregularidades no local.

Por Central TO em 19/04/2024 às 21:36:49

A concessionária Allegra Pacaembu decidiu cancelar o show de Roberto Carlos, que estava programado para esta sexta-feira (19) no estádio Paulo Machado de Carvalho, após a Prefeitura de São Paulo vetar a realização devido a irregularidades no local. Apesar do veto, a empresa inicialmente afirmou que o evento seria mantido, alegando que cumpriu todas as exigências. No entanto, em resposta, o prefeito Ricardo Nunes (MDB) ordenou a interdição do Pacaembu, o que fez a Allegra rever a decisão. “A concessionária Allegra Pacaembu e a Four Even informam que o show de Roberto Carlos, marcado para hoje, não será realizado em cumprimento às determinações da Prefeitura de São Paulo”, declarou a empresa, em comunicado. O “Rei” completou hoje 83 anos e comemoraria o aniversário no concerto no bairro do Pacaembu, zona oeste de São Paulo.

A prefeitura negou a autorização para o show após constatar falta de segurança durante uma inspeção conjunta dos Bombeiros e do Contru, órgão municipal de segurança das edificações. Um relatório da Polícia Militar destacou uma série de problemas no local, incluindo saídas de emergência obstruídas, falta de sinalização de rotas de fuga, entre outros. Cerca de 3.000 pessoas estavam previstas para o show no segundo subsolo do estádio, porém o espaço não possui licença nem alvará dos Bombeiros. A Subprefeitura da Sé recebeu ordens da Promotoria de Justiça de Habitação e Urbanismo para proibir eventos no local se houver risco à integridade física dos frequentadores, após o Contru não autorizar o evento.

Comunicar erro
JORGE CONSORCIO

Comentários

BANNER 05