JORGE CONSORCIO

FAB transporta cinco pacientes em estado grave em UTI aérea no RS

Operação para transferir os 3 beb√™s e 2 adultos envolveu 50 pessoas

Por Central TO em 20/05/2024 às 16:07:34
Foto: Tribuna do Sertão - Compromisso com a verdade

Foto: Tribuna do Sertão - Compromisso com a verdade

A Força Aérea Brasileira (FAB) transportou na tarde deste domingo (19) tr√™s beb√™s e dois adultos em estado grave que estavam no hospital da Universidade Federal de Rio Grande, fortemente afetado pelo alagamento da cidade, para outras unidades de sa√ļde.

Uma complexa operação precisou ser montada, com 50 profissionais da FAB, da Força Nacional, do Sistema √önico de Sa√ļde (SUS) e do Corpo de Bombeiros de Rondônia. Uma primeira parada foi feita na Base Aérea de Canoas (RS), de onde os pacientes foram encaminhados para unidades de sa√ļde de refer√™ncia. A aeronave utilizada foi uma C-105 Amazonas configurada como UTI aérea.

"A cidade de Rio Grande est√° alagada e o hospital est√° muito comprometido. Então, a evacuação, principalmente das crianças, tinha que ser imediata. E, devido à estrutura das estradas e à gravidade da sa√ļde delas, a melhor opção era o transporte aéreo", destacou o médico da FAB capitão Médico Vinicius Guimarães Tinoco Ayres, em nota.

RCK EXPRESS

Diversos hospitais do Rio Grande do Sul ficaram com o atendimento comprometido devido às fortes chuvas e as enchentes que afetam centenas de cidades no Rio Grande do Sul desde o fim de abril.

Na semana passada, um hospital de campanha foi montado na capital Porto Alegre, com capacidade para 200 atendimentos di√°rios. Outras duas unidades do tipo foram montadas nos munic√≠pios de Canoas e São Leopoldo, duas das mais afetadas pelas cheias.

Fonte: Agência Brasil

Comunicar erro

Coment√°rios

BANNER 05