JORGE CONSORCIO

PolĂ­cia Federal investiga contrabando de cigarros eletrônicos comercializados por meio da internet

Ação resultou na apreensão de mais de mil unidades da mercadoria e na prisão em flagrante de uma pessoa

Por Central TO em 11/06/2024 às 16:40:59
Foto: Divulgação/Polícia Federal

Foto: Divulgação/Polícia Federal

A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira (11/6), a Operação Pod II, para reprimir o contrabando de cigarros eletrônicos comercializados por meio de lojas virtuais por empresa estabelecida na cidade de Palmas.

Policiais federais cumpriram mandado de busca expedido pela 4Âș Vara da Justiça Federal de Palmas com o objetivo de apreender mercadorias e esclarecer as circunstâncias da prĂĄtica criminosa. A ação resultou na apreensão de mais de mil unidades de cigarros eletrônicos, munição de arma calibre .40 e na prisão em flagrante de uma pessoa.

Os investigados poderão responder pelo crime de contrabando, que é caracterizado por condutas como importação e exportação de mercadoria proibida, armazenamento e comercialização dessas mercadorias proibidas pela lei brasileira.

RCK EXPRESS

A Polícia Federal ressalta que desde 2009, a AgĂȘncia Nacional de Vigilância SanitĂĄria (Anvisa), por meio de resolução, proíbe no Brasil a comercialização, fabricação, importação, transporte, armazenamento e propaganda dos dispositivos eletrônicos para fumar (DEFs), também conhecidos como cigarros eletrônicos.

Fonte: PolĂ­cia Federal

Comunicar erro

ComentĂĄrios

BANNER 05