Pol√≠cia Civil estoura centro de distribuição de drogas e apreende mais de R$ 300 mil em entorpecentes

Duas mulheres foram presas em flagrante por tr√°fico de drogas

Por Vania Machado em 03/07/2024 às 23:39:02
Foto: Divulgação/DICOM SSP TO

Foto: Divulgação/DICOM SSP TO

Sob a coordenação da 8¬™ Divisão Especializada de Repressão ao Crime Organizado (DEIC - Gurupi), a Polícia Civil deflagrou na manhã desta quarta-feira, 3, a Operação "1¬ļ Coríntios 15:33" com foco no combate ao crime organizado, tr√°fico de drogas e lavagem de dinheiro. O objetivo da operação é dar cumprimento a 37 mandados de busca e apreensão, 13 mandados de prisão preventiva, bem como mandado de interdição de estabelecimento comercial e de bloqueio de contas banc√°rias.

Conforme balanço parcial da Operação, até o momento foram cumpridos dez mandados de prisão preventiva, seis pessoas foram presas em flagrante e mais oito pessoas presas em decorr√™ncia de mandados.

J√° os mandados de busca e apreensão t√™m foco na apreensão de documentos, drogas, armas, inclusive de calibre restrito, veículos e demais objetos de interesse para as investigações. O espaço de eventos, supostamente utilizado para a lavagem do dinheiro proveniente do tr√°fico, sofrer√° embargo.

RCK EXPRESS

Os mandados estão sendo cumpridos no Tocantins (Gurupi, Palmas, Figueirópolis e Peixe), em Goi√°s (Goiânia, An√°polis e √Āgua Lindas), em Santa Catarina (Camboriú), no Par√° (Belém) e no Maranhão (Imperatriz).

O delegado regional de Gurupi, Joadelson Rodrigues Albuquerque, explica que a investigação iniciou h√° dois anos. "Nosso foco é combater uma organização criminosa em atividade no município de Gurupi e região, que j√° movimentou durante este período, a quantia de R$ 4,5 milhões por meio do tr√°fico de drogas e outras pr√°ticas criminosas", destacou.

Força empregada

A Operação conta com a participação de policiais civis da Diretoria de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (DRACCO), Divisões Especializadas de Repressão ao Crime Organizado (DEIC - Gurupi, Palmas, Araguaína, Paraíso do Tocantins e Porto Nacional), Divisões Especializadas de Repressão a Narcóticos (DENARC - Palmas e Araguaína), Divisões Especializadas de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP - Palmas e Araguaína), Divisão Especializada de Repressão à Corrupção (DECOR - Palmas), Delegacia Especializada de Combate aos Crimes Rurais (Deleagro), e das Regionais de Gurupi (7¬™ DRPC), Dianópolis (8¬™ DRPC), Paraíso do Tocantins (5¬™ DRPC) e Porto Nacional (6¬™ DRPC), bem como de Delegacias de Palmas, Diretoria do Grupo de Operações T√°ticas Especiais (GOTE), Diretoria do Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER), e policiais civis de Goi√°s, Santa Catarina, Par√° e Maranhão.

Comunicar erro
JORGE CONSORCIO

Coment√°rios