Exemplo - Margens, Bordas e Box Model

Polícia Civil localiza corpo de mulher que estava desaparecida há mais de 40 dias após ter vindo do Maranhão encontrar o namorado

Corpo foi encontrado em uma fossa nos fundos da casa do principal suspeito pelo crime.

Por Rogério de Oliveira em 16/10/2021 às 07:02:44
Foto: Dicom SSP TO

Foto: Dicom SSP TO

O corpo de uma mulher de 41, que estava desaparecida h√° mais de 40 dias, foi localizado pela Polícia Civil do Tocantins (PC-TO), em Porto Nacional, na noite desta sexta-feira, 15, por meio de a√ß√£o realizada por policiais civis da 7¬™ Divis√£o de Combate ao Crime Organizado (7¬™ DEIC), daquela cidade.

As investiga√ß√Ķes sobre o caso est√£o sendo coordenadas pelo delegado-chefe da 7¬™ DEIC, Túlio Pereira Motta e tiveram início na última quarta-feira, 13, quando um dos filhos da mulher compareceu até a Central de Atendimento da Polícia Civil em informou que sua m√£e estava desaparecida h√° mais de 40 dias, quando teria saído da cidade de Maraca√ßumé, no Estado do Maranh√£o com destino a Porto Nacional a fim de se encontrar com um homem que havia conhecido em uma rede social", disse o delegado.

De posse das informa√ß√Ķes e também do nome do suposto namorado da m√£e, os policiais deram início às investiga√ß√Ķes e descobriram que o homem n√£o mais se encontrava na cidade de Porto Nacional e sua resid√™ncia estava fechada. Com o aprofundamento dos trabalhos investigativos, os policiais descobriram que a mulher tinha sido vista na companhia do suspeito somente no dia em que chegou em Porto Nacional, vindo do Maranh√£o.

"No dia em que chegou, ainda no início do m√™s de setembro, a mulher fez contato telefônico pela última vez com uma irm√£, informando que j√° estava em Porto. No entanto, após mais de 30 dias sem conseguir contato com a vítima, os familiares procuraram a delegacia de Polícia Civil de Maraca√ßumé e registraram um Boletim de Ocorr√™ncia", disse o delegado Túlio.

Diante da n√£o localiza√ß√£o do suposto namorado, a Polícia Civil come√ßou a trabalhar com a possibilidade de que a mulher tivesse sido morta. Desse modo, no fim da tarde desta sexta-feira, foram até a resid√™ncia de propriedade do suspeito e após, buscas no interior do imóvel e também no quintal, localizaram o corpo da mulher j√° em completo estado de putrefa√ß√£o em uma das fossas da casa.

Dessa maneira, o corpo de bombeiros, bem como, uma equipe da perícia, além do Instituo Médico Legal foram chamados ao local para fazer a retirada do corpo, que foi levado à sede do IML onde ser√° submetido a exames periciais a fim de determinar as causas da morte.

O delegado Túlio explicou que a Polícia Civil abrir√° inquérito para apurar as circunst√Ęncias da morte da mulher e o possível envolvimento de seu namorado no crime.

"Pelo que foi apurado até o momento, a vítima tinha um relacionamento virtual com o suspeito e j√° teria vindo a Porto a fim de encontr√°-lo em outras duas ocasi√Ķes. Contudo, ela nunca havia ficado sem dar notícias para a família. Sendo assim, as investiga√ß√Ķes ir√£o apontar como a mulher foi morta e h√° quantos dias o corpo estava na fossa onde foi encontrado", ressaltou a autoridade policial.

Comunicar erro
JORGE CONSORCIO

Coment√°rios

KNEKOU