A BÍBLIA SAGRADA

Por Eliardo dos Santos Silva

Por Central TO em 11/12/2022 às 01:21:41

A Bíblia Sagrada é a inerrante, a infalível e a bendita palavra de Deus. A Bíblia não somente a contém, mas é a palavra de Deus

A vida de todo cristão deve estar baseada e alicerçada na palavra de Deus. O bom relacionamento do jovem cristão com as escrituras, certamente o fará ser melhor e mais santo diante de Deus e também dos homens.

O caráter do ser humano é moldado por Deus, e isso acontece por meio das escrituras sagradas.

É importante que haja sempre uma preocupação, por parte dos cristãos, em relação à maneira que está o seu envolvimento com a palavra de Deus. Estudar as escrituras é algo fundamental, faz-se necessário organizar o tempo, de maneira que sempre se consiga realizar a leitura bíblica diária. "Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite." (Sl 1.2)

A santidade deve ser almejada e buscada por todos os cristãos. Quanto mais o cristão se envolve com as escrituras, mais santo ele se torna. "Com que purificará o jovem o seu caminho? Observando-o conforme a tua palavra. (Sl 119.9). "Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade." (Jo 17.17)

Na vida é comum que o jovem cristão, assim como todos os seres humanos, passe por momentos de fraquezas. A palavra de Deus tem o poder de renovar as forças do fraco. "A minha alma consome-se de tristeza; fortalece-me segundo a tua palavra." (Sl 119. 28)

Existe uma luta travada entre carne e espírito "Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes se opõem um ao outro, para que não façais o que quereis." (Gl 5.17). A palavra de Deus é alimento para o nosso espírito, se o espírito não for bem alimentado, certamente a batalha será ganha pela carne. "Ele, porém, respondendo, disse: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus." (Mt 4.4)

Quando o assunto é o relacionamento com a palavra de Deus, é necessário seguir pelo menos três passos importantíssimos para o bem da vida espiritual de todo jovem cristão, são eles:

CONHECER. O conhecimento das escrituras é indispensável para o cristão. Quem ama servir a Deus precisa amar o conhecimento bíblico. Essa habilidade vem através da leitura e estudo da bíblia. Salomão, diante da sua tão grande sabedoria, faz as seguintes afirmações a respeito do conhecimento: "O sábio ouvirá e crescerá em conhecimento, e o entendido adquirirá sábios conselhos;" (Pv 1.5).

"Bem-aventurado o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire conhecimento;" (Pv 3.13)

"O que possui o conhecimento guarda as suas palavras, e o homem de entendimento é de precioso espírito." (Pv 17.27)

"O homem sábio é forte, e o homem de conhecimento consolida a força." (Pv 24.5)

Pedro deixou um excelente conselho a respeito do conhecimento, "Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém." (2Pe 3.18)

GUARDAR. Tão importante quanto adquirir o conhecimento, é guardar o conhecimento adquirido.

Segundo o dicionário da língua portuguesa, "guardar" é: "conservar; proteger; respeitar". Trata-se de manter em segurança, colocar em um lugar que não pode ser roubado ou esquecido.

Quando falamos em guardar a palavra de Deus, estamos dizendo que ela precisa estar conservada em nossos corações, mantida em nós com o máximo de cuidado para que não seja esquecida em hipótese alguma. Existem vários conselhos a respeito do guardar a palavra, vejamos alguns:

"E aconteceu que, dizendo ele estas coisas, uma mulher dentre a multidão, levantando a voz, lhe disse: Bem-aventurado o ventre que te trouxe e os peitos em que mamaste. Mas ele disse: Antes bem-aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a guardam." (Lc 11. 27-28).

"Bem-aventurados os que guardam os seus testemunhos, e que o buscam com todo o coração." (Sl 119.2).

"Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti." (Sl 119.11).

"Dá-me entendimento, e guardarei a tua lei, e observá-la-ei de todo o meu coração." (Sl 119.34).

"Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo." (Ap 1.3).

"Eis que presto venho: Bem-aventurado aquele que guarda as palavras da profecia deste livro." (Ap 22.7).

PRATICAR.

Conhecer, guardar e não praticar é falta de compromisso. Todo bom cristão deve se esforçar para ser um praticante das escrituras sagradas. Suponhamos que alguém decidiu fazer uma viagem para uma terra desconhecida. A viagem será feita com o auxílio de um aparelho de GPS. A rota está traçada, as coordenadas foram tiradas. O que fazer? Seguir as orientações exatamente como está no GPS, não é isso?

A bíblia é como um GPS. Ela contém todas as orientações necessárias para se obter a vida eterna. Ter o conhecimento de tais orientações e não praticar, de nada adianta. Sobre isso vejamos:

"Tão somente esforça-te e tem mui bom ânimo, para teres o cuidado de fazer conforme a toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que prudentemente te conduzas por onde quer que andares." (Js 1 .7).

"Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha.

E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia. E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda." (Mt 7. 24-27).

"E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos. Porque, se alguém é ouvinte da palavra, e não cumpridor, é semelhante ao homem que contempla ao espelho o seu rosto natural; Porque se contempla a si mesmo, e vai-se, e logo se esquece de como era.

Aquele, porém, que atenta bem para a lei perfeita da liberdade, e nisso persevera, não sendo ouvinte esquecido, mas fazedor da obra, este tal será bem-aventurado no seu feito." (Tg 1. 22-25).

Fonte: Pastor Eliardo

JORGE CONSORCIO