02 GRAFICA REAL

Brigada do Parque Estadual do Lajeado realiza manejo de áreas para prevenção de incêndios

Atividades de manejo foram acompanhadas pelo presidente do Instituto, Renato Jayme, e pelo diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas, Warley Rodrigues

Por Lidi Moreira em 16/06/2022 às 10:29:44
Foto: Washington Luiz

Foto: Washington Luiz

Na tarde desta quarta-feira, 15, a brigada florestal do Parque Estadual do Lajeado (PEL) realizou queimas prescritas em áreas estratégicas para proteção contra incêndios florestais na região da Unidade de Conservação (UC). As atividades foram acompanhadas pelo presidente do Instituto, Renato Jayme, e pelo diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas, Warley Rodrigues.

A estratégia do Manejo Integrado do Fogo (MIF) no PEL consistiu em manejar uma área à margem da rodovia, conforme explicou o diretor Warley Rodrigues. "Estando à margem da rodovia tem um risco muito grande de ocorrer incêndios nos períodos críticos de agosto, setembro e outubro, daí a importância de realizar queimas prescritas nesta área e reduzir o material combustível", enfatizou.

"Outras áreas estratégicas também já foram manejadas. Há muitas áreas dentro do Parque com capim muito antigo, então elencamos essas áreas para fazer o manejo ao longo das últimas semanas", complementou o inspetor de Recursos Naturais, Lyon Cardoso, que é chefe da brigada florestal do PEL.

O presidente Renato Jayme, acompanhou as atividades da brigada e elogiou o trabalho de gestão ambiental realizado por meio do MIF. "Vim acompanhar de perto para entender como funciona a técnica, dentro da nossa atribuição e da nossa responsabilidade de preservação dos nossos parques e das nossas áreas de proteção ambiental. A gente utiliza e estimula a queima prescrita desde que siga as regras e metodologias que o Naturatins tem desenvolvido ao longo dos anos", ponderou.

Sobre o Parque

A cerca de 32 km da Capital, pela estrada de Aparecida do Rio Negro, o Parque Estadual do Lajeado tem como objetivo principal proteger amostras dos ecossistemas da Serra do Lajeado, assegurar a preservação da flora, fauna e demais recursos naturais, características geológicas, geomorfológicas, e cênicas, e ainda, proporcionar oportunidades controladas para visitação, educação e pesquisa científica.

Comunicar erro

Comentários