Exemplo - Margens, Bordas e Box Model

Tribunal do J√ļri condena vaqueiro a 18 anos de pris√£o por homic√≠dio qualificado e oculta√ß√£o de cad√°ver

O homem foi condenado por crimes ocorridos em 2014 no município de Taipas do Tocantins.

Por Central Tocantins em 22/11/2021 às 10:40:32
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O Ministério Público do Tocantins obteve nesta sexta-feira, 19, a condena√ß√£o de um homem a 18 anos de pris√£o por um homicídio ocorrido em 7 de mar√ßo de 2014 no município de Taipas do Tocantins.

De acordo com as investiga√ß√Ķes, Dioleno dos Santos, na companhia de um adolescente, matou, com quatro tiros, Rainil Gomes de Castro. Após o crime, o denunciado, com a ajuda do comparsa, escondeu o corpo da vítima em uma cisterna. Ele também foi condenado por oculta√ß√£o de cad√°ver.

Segundo o Ministério Público, o acusado, que desempenhava a atividade de vaqueiro, na época, ainda furtou R$ 200 da casa da vítima.

Dioleno atingiu a regi√£o da cabe√ßa (dois tiros) e do tórax (dois disparos). Para ajudar o denunciado, o adolescente contou à polícia ter recebido a promessa de pagamento de R$ 1 mil. Ele também disse que recebeu a arma utilizada no crime.

O acusado foi condenado por homicídio qualificado porque prometeu recompensa ao adolescente e por ter usado recurso que dificultou a defesa da vítima.

"Todo o crime foi desvendado porque o genitor do adolescente comunicou aos policiais que seu filho portava na cintura um revólver calibre 32. Em dilig√™ncias, os PMs localizaram o adolescente e apreenderam em seu poder a mencionada arma de fogo, sendo o referido adolescente encaminhado à delegacia, onde, na presen√ßa de seu genitor, confessou que tinha matado um homem na regi√£o de Taipas do Tocantins, juntamente com o denunciado", diz a denúncia do MP.

No Tribunal do Júri, a sustenta√ß√£o oral foi feita pelo promotor de Justi√ßa Rogério Mota.

Comunicar erro
JORGE CONSORCIO

Coment√°rios

KNEKOU