JORGE CONSORCIO
GRAFICA REAL

Polícia Civil do Tocantins procura dois homens investigados por crime de estupro de vulnerável

Den√ļncias podem ser feitas pelos n√ļmeros (63) 3363-1682 ou (63) 3363-1664

Por Vania Machado em 30/01/2024 às 11:17:18
Foto: Divulgação/DICOM SSP TO

Foto: Divulgação/DICOM SSP TO

A Pol√≠cia Civil do Tocantins est√° à procura de Abrão Laurindo de Albuquerque, 39 anos, e Lindomar da Silva, 58 anos, ambos são investigados por crime de estupro de vulner√°vel, fatos ocorridos em Porto Nacional, no ano passado.

Os casos são investigados pela pela 8¬™ Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher e Vulner√°veis (DEAMV - Porto Nacional) e ambos estão com mandados de prisão preventiva em aberto. Quem souber de qualquer informação sobre o paradeiro dos suspeitos, entre em contato pelos telefones/whatsapp (63) 3363-1682 (DEAMV) ou (63) 3363-1664 (Central de Flagrantes). O anonimato é garantido.

A delegada respons√°vel pelas investigações, Fernanda de Siqueira, explica que o primeiro suspeito, conhecido como "Pastor Abrão", é investigado pelo crime de estupro de vulner√°vel e exploração sexual, praticado contra um adolescente de 12 anos, crime ocorrido em outubro do ano passado. "Temos muitos elementos que indicam ele como autor desse crime, inclusive suspeita de aliciar outros adolescentes. Nesse caso espec√≠fico, a v√≠tima relatou o abuso para mãe, para o tio e confirmou durante a escuta especializada", informa.

RCK EXPRESS

J√° o segundo suspeito é investigado por abusar de uma adolescente menor de 14 anos, fato ocorrido em maio de 2023.

Em ambos os casos, todas as dilig√™ncias e procedimentos necess√°rios foram adotados, mas os suspeitos não foram encontrados até o momento. "Contamos com a ajuda da população para ajudar a encontrar esses dois homens e assim dar uma resposta a essas v√≠timas. Qualquer informação que possa nos ajudar a encontrar os suspeitos pode ser enviada por esses contatos, de forma anônima e sigilosa. O que precisamos é saber onde eles se encontram para que possam responder pelos crimes que cometeram", finaliza.

Comunicar erro

Coment√°rios

BANNER 05