JORGE CONSORCIO
GRAFICA REAL

PolĂ­cia Civil prende homem suspeito de invadir residĂȘncia e furtar mais de R$ 140 mil em joias na cidade de Colmeia

IndivĂ­duo seria especialista em furtar joias e era investigado pela PolĂ­cia Civil

Por Rogério de Oliveira em 03/04/2024 às 17:20:11

Na manhã desta quarta-feira, 3, policiais civis da 8ÂȘ Divisão de Combate ao Crime Organizado (DEIC-Gurupi) efetuaram a prisão de um indivíduo de iniciais P.C.F, de 41 anos, o qual é apontado como sendo o principal suspeito de invadir uma residĂȘncia, na cidade de Colmeia, no último domingo, 31, e te subtraído mais de R$ 140 mil em joias do local.

Comandada pelo delegado-regional Joadelson Rodrigues Albuquerque, titular da 7ÂȘ DRPC, a ação também resultou na apreensão de vĂĄrias peças de ouro e esmeralda, dentre anéis, corações e pulseiras que haviam sido furtados da residĂȘncia na noite do último domingo.

"As investigações tiveram início depois que a Polícia Civil recebeu informações de que o homem apontado como sendo autor do furto estaria em Gurupi, onde ele reside e, possivelmente teria repassado as joias, para uma loja que é de sua esposa", disse.

RCK EXPRESS

Desse modo, na manhã de hoje, as equipes da 8ÂȘ DEIC deram cumprimento a mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao autor, inclusive em duas lojas da propriedade de sua esposa, mas nada de ilícito foi encontrado. Em seguida, os policiais civis conseguiram localizar o indivíduo que foi detido e alegou que não tinha cometido o roubo, mas disse que havia emprestado seu veículo para um terceiro.

"Ao ser questionado, o homem disse que sabia onde estava uma parte das joias subtraídas e se prontificou a entregar os objetos, o que foi feito", informou.

Dessa forma, algumas correntes, anéis de ouro e demais itens foram recuperados e o homem acabou sendo preso em cumprimento ao mandado de prisão, expedido pela Comarca de Colmeia.

O veículo supostamente utilizado no furto qualificado também foi encontrado e apreendido, sendo que em seu interior, os policiais civis encontraram uma munição intacta e uma chave de fenda, supostamente usada para realizar os furtos nas residĂȘncias.

Após a realização das providĂȘncias legais cabíveis, o indivíduo foi conduzido até a 12ÂȘ Central de Atendimento da Polícia Civil de Gurupi, sendo recolhido posteriormente à Unidade Penal Regional local onde permanecerĂĄ à disposição do Poder JudiciĂĄrio.

As investigações terão continuidade para que a Polícia Civil possa localizar o restante das joias e identificar se hĂĄ mais envolvidos no crime.


Comunicar erro

ComentĂĄrios

BANNER 05